segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Eleitor venceslauense tem até maio para regularizar o título

Cidade
 362 PENDÊNCIAS 
Se você não votou nas últimas três eleições, fique atento: pode ter muita dor de cabeça. A Justiça Eleitoral divulgou a relação de 362 eleitores que podem perder o título em breve, caso não regularizem a situação no cartório eleitoral de Presidente Venceslau. São cidadãos que não votaram e não justificaram a ausência nos últimos três turnos: eleição para prefeito de 2016 e disputa presidencial nos dois turnos de 2014.

O cartório da 102ª Zona Eleitoral vai regularizar a situação desses cidadãos entre os dias 2 de março e 2 de maio. Para resolver a pendência, o procedimento é simples: basta procurar o cartório entre meio-dia e 19h com documento de identidade e comprovante de residência. Será emitida uma guia para pagamento da multa, no valor de R$ 3,51 por turno. Com isso, a situação estará regularizada. Caso o eleitor não more mais na cidade, basta fazer o mesmo procedimento em qualquer cartório. 

Os prejuízos para quem não regularizar a situação com a Justiça são grandes. A pessoa tem o título eleitoral cancelado e precisa refazer o documento. Mais do que isso: sem o registro, o cidadão fica impedido de tirar passaporte, prestar concurso público, obter empréstimos, entre outros transtornos.

O analista jurídico do cartório da 102ª Zona Eleitoral, Norberto Gonçalves, explica que para regularização do título não é necessário agendamento prévio pelo site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). “No entanto, o agendamento é necessário para os eleitores realizarem o cadastro biométrico, que pode ser obrigatório na próxima eleição. Os que irão regularizar a situação podem aproveitar e realizar o agendamento para já efetuarem este cadastro”, afirmou Gonçalves.

Ainda conforme o analista, o cartório emitiu um edital na quarta-feira (22) que contém os nomes dos eleitores com situação irregular. “A relação dos nomes está afixada no próprio cartório, para o cidadão que desejar consultar aqui”, concluiu. Os eleitores enquadrados nas situações de voto facultativo não precisam buscar pelo serviço. Não são obrigadas a votar as pessoas que possuem 16, 17 ou mais de 70 anos.

Risco
Os eleitores que não votaram há menos de duas eleições não correm o risco de perder o título agora, mas também é recomendável que quitem as multas. A comprovação de votação também é exigida em algumas situações, como na emissão de passaporte.

No ano passado, 29.527 pessoas estavam aptas a votar em Presidente Venceslau, mas 7.244 não compareceram às urnas no último dia 2 de outubro. O número de abstenções incluem os eleitores que justificaram seus votos.

Em Caiuá e Marabá Paulista, cidades que também integram a 102ª Zona Eleitoral, os números de eleitores com situação irregular são de 52 e 49 respectivamente. Nas últimas eleições, dos 4.152 eleitores aptos em Caiuá, 736 não votaram, enquanto que em Marabá Paulista o número de abstenções foi de 604 dos 3.541 aptos a votar no município.
(Jornal Integração) 

Hoje tem promoção especial de pizza a R$ 19,99 na Deck Petiscaria

Cidade
 SEGUNDA DA PIZZA 
A Deck Petiscaria está com promoção e atendimento especial nesta segunda-feira (27), véspera de Carnaval.

São pizzas nos sabores catufrango, calabresa, portuguesa, palmito à rose e civeta. Qualquer uma por apenas R$ 19,99. 
Promoção válida para hoje!

O ambiente oferece ainda diversas outras porções e bebidas geladas, como sucos, refrigerantes e cervejas. E aceita cartões Sodexo, VR, Elo, Cielo, Master e Visa.

A Deck Petiscaria está localizada na Avenida João Pessoa, 144, centro de Presidente Venceslau.

Curso de operador de empilhadeira na CEPO em Venceslau

Corredor CART oferece opções para espantar o calor durante os meses mais quentes

Região
 VERÃO 
CART oferece opções neste verão
(Foto: Reprodução)
O centro-oeste paulista é famoso por muitas atrações, inclusive o seu sol forte e tempo quente durante os meses do verão. Quem está passando pelo Corredor CART possui diversas opções para sair da rotina e se refrescar nos dias de altas temperaturas.

Para o usuário que deseja aproveitar todas estas opções, a CART- Concessionária Auto Raposo Tavares reuniu alguns locais estratégicos para paradas refrescantes. Quem está saindo de Bauru e região encontra no Thermas de Piratininga uma boa opção para fugir do calor. O local é um Parque Aquático localizado no Km 01 da Rodovia Elias Migue Maluf, em Piratininga. Lá, o visitante encontra piscinas de água quente naturais, piscinas frias, lago artificial, tobogãs, quadras esportivas e restaurantes.

O Thermas é aberto a sócios, porém, o visitante que quiser passar o dia também pode aproveitar o local comprando um passe diário. O motorista que estiver passando pelo Corredor CART pode acessar o parque através da saída para a cidade, no km 246 da SP-225, a Rodovia João Baptista Cabral Rennó.

Outra opção para espantar o calor é a tradicional descida do Rio Pardo com boia. O percurso é de aproximadamente 7 quilômetros e leva o banhista até o centro da cidade de Santa Cruz do Rio Pardo em, em média, duas horas. Para passar o dia aproveitando quiosques à beira do Rio, estrutura com churrasqueiras, campo de futebol, parquinhos e bar, o motorista pode fazer uma parada no Ingá Náutico Clube, localizado às margens do Rio Pardo. Seguindo pelo Corredor CART o usuário que quiser passar pela cidade de Santa Cruz do Rio Pardo pode pegar a saída no km 317 da SP-225.

Salto Grande é outra alternativa para quem quer se refrescar neste verão. A Cidade é localizada às margens do Rio Paranapanema e é apelidada de “Cidade Praia” pelos seus habitantes. O local possui uma prainha artificial de aproximadamente 4 quilômetros de extensão, que é um dos principais pontos turísticos da cidade. O rio é usado tanto para banho quanto para esportes aquáticos como caiaque e jet-ski. Pela SP-270, a Raposo Tavares, o motorista pode pegar a saída no km 392 para Salto Grande.

No Balneário de Rancharia os visitantes podem se refrescar em mais de 3 quilômetros de belas praias. O local também conta com quiosques, espaço para camping e prática de atividades aquáticas como Jet-ski e caiaque. O Balneário de Rancharia, também conhecido como Balneário Municipal Prefeito Manoel Severo Lins Neto, fica no Km 50 da SP-351. O acesso ao Município de Rancharia é pelo km 523 da SP-270 Rodovia Raposo Tavares.

A Represa Laranja Doce, localizada em Martinópolis é um ótimo lugar para descansar, fazer caminhadas, passear com a família, fazer esportes aquáticos, pescar e se refrescar em suas diversas prainhas. O local também conta com 24 quiosques à disposição dos turistas e 9 bares e restaurantes. O balneário está localizado na Estrada Municipal Osvaldo Campioni Ascêncio e o acesso à cidade de Martinópolis pode ser feito pelas saídas no km 543 e km 553 da SP-270 Rodovia Raposo Tavares.

Quem está passando por Presidente Prudente possui duas opções para espantar o calor: o Balneário da Amizade e o Complexo Turístico Cidade da Criança. No Balneário o visitante encontra quadras esportivas, sanitários, prainha, lanchonetes, quiosques equipados com energia, churrasqueira, pia e mesa, parque infantil e ainda acesso grátis a internet! Na Cidade da Criança a diversão não fica para trás, lá o visitante conta com parque aquático com diversos escorregadores e piscinas, restaurantes, parque ecológico, zoológico, planetário e até kartódromo. Presidente Prudente está localizada no km 560 da SP-270 Rodovia Raposo Tavares.

No município de Presidente Bernardes o viajante pode escapar do calor em um balneário repleto de opções de lazer. O Balneário Bom Futuro oferece chalés para hospedagem, restaurante, quiosques, salão de festas, um lago artificial, prainha, um bar molhado com mesas dentro da água, área de camping, parquinho e outras atrações. O local pode ser acessado pela vicinal que liga Presidente Bernardes a Santo Anastácio. O acesso a município de Presidente Bernardes fica no km 586 da SP-270 Rodovia Raposo Tavares.

Com o título de pôr do sol mais bonito do Brasil, a cidade de Presidente Epitácio oferece diversas opções para seus visitantes. Para quem deseja apreciar a bela paisagem do Rio Paraná pode fazer um passeio ao longo da Orla Fluvial e contemplar as belezas naturais do município. Além da Orla, o Parque O Figueiral também atrai muitos turistas com a infraestrutura disponível. Às margens do Rio Paraná e a cerca de 5 km do centro da Cidade, o local é uma ótima opção de lazer para toda a família e conta com praia de água doce, quadra poliesportiva, campo de areia, lanchonetes, restaurantes e banheiros públicos. O parque fica localizado na Rodovia Elio Gomes 17, em Presidente Epitácio, e o acesso à cidade pode ser feito pela saída do km 651 da SP-270 Rodovia Raposo Tavares.
(Fonte: A.I CART)

Clínicas GOU: A forma inteligente de sorrir


Câmara aprova documento único para brasileiros

Brasil
 TECNOLOGIA DE CHIP 
RIC: documento do Registro de
Identidade Civil, que substituiu o RG
A Câmara dos Deputados aprovou ontem um projeto para criar o Documento de Identificação Nacional (DIN), um documento único que reuniria todos os dados dos brasileiros por meio de uma tecnologia de chip. O texto ainda vai ser enviado para o Senado e, se aprovado, passará pela sanção do presidente Michel Temer (PMDB).

O projeto de lei, que tem o número 1775/15, foi enviado ao Congresso pela União. O texto aprovado ontem, contudo, era um substituto feito pelo deputado Julio Lopes (PP-RJ). De acordo com o projeto, o DIN iria dispensar a apresentação de outros documentos nacionais (como o RG, CPF e título de eleitor). Ele seria emitido pela Justiça Eleitoral ou por delegação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a outros órgãos, podendo inclusive substituir o título de eleitor.

O documento seria impresso pela Casa da Moeda e teria o número do CPF como base para identificação do cidadão. Já os documentos emitidos pelas entidades de classe somente seriam validados se atendessem os requisitos de biometria e de fotografia conforme o padrão utilizado no DIN. As entidades de classe teriam ainda dois anos para adequarem seus documentos aos requisitos exigidos pelo novo documento.

Identificação nacional
O projeto prevê ainda que o documento seja emitido com base na Identificação Civil Nacional (ICN), um cadastro que usaria a base de dados biométricos da Justiça Eleitoral, a base de dados do Sistema Nacional de Informações de Registro Civil (Sirc), da Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC – Nacional), da Justiça Eleitoral, dos institutos de identificação dos estados, do Instituto Nacional de Identificação, entre outros órgãos.

Essa nova base de dados seria armazenada e gerida pelo TSE, que teria de garantir o funcionamento simultâneo entre os sistemas eletrônicos governamentais, ou seja, uma comunicação eficiente sem problemas de compatibilidade. O TSE garantiria à União, aos estados, ao Distrito Federal, aos municípios e ao poder legislativo o acesso à base de dados da ICN, de forma gratuita, exceto quanto às informações eleitorais. A integração da ICN ocorreria ainda com os registros biométricos das polícias Federal e Civil.

Seria proibida a comercialização, total ou parcial, da base de dados da ICN, com pena de detenção de 2 a 4 anos e multa para quem descumprir essa proibição. Além disso, o projeto prevê a criação um comitê da ICN, composto por três representantes do Executivo federal, três representantes do TSE, um da Câmara dos Deputados, um do Senado Federal e um do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Se o projeto for aprovado no Senado e sancionado por Temer, o comitê teria a atribuição de recomendar os padrões técnicos da ICN e as diretrizes para administração do Fundo da Identificação Civil Nacional (FICN), que custearia o desenvolvimento e a manutenção do cadastro.
(Fonte: Exame)

Impress Gráfica rápida em Venceslau

Campanha estimula união de mulheres contra assédio no carnaval

Brasil
 SEM ASSÉDIO 
Pelo segundo ano consecutivo, a campanha da revista AzMina #Carnavalsemassédio está nas ruas. Neste carnaval, o tema é #UmaMinaAjudaAOutra, que estimula mulheres a ficar atentas caso vejam que alguma outra "mina" está sofrendo assédio. No ano passado, o foco da campanha eram os homens, público-alvo do Guia Prático e Didático da Diferença entre Paquera e Assédio.

A diretora da revista, a brasiliense Nana Queiroz, diz que se uma mulher ajudar a outra, todo mundo curte a festa com mais segurança e liberdade.

A campanha sugere, entre outras ações, oferecer água caso veja uma mulher vomitando na festa; fazer um escândalo se perceber que um homem está tentando forçar o beijo ou segurando uma menina pelo braço; e telefonar para os amigos ou chamar um táxi se encontrar uma mulher inconsciente, evitando que ela seja vítima de abusos.

A edição deste ano da campanha tem até marchinha de carnaval cantada por Bruna Caram e Chico César. A música, composta por Pedro Abramovay e Gustavo Moura, diz que o carnaval só é bom se todo mundo quiser curtir junto. A marchinha ganhou o título de Se você quiser – e o clipe pode ser ouvido aqui:

Mineiras contra o assédio
Outra campanha nesse sentido surgiu em Minas Gerais. Mulheres que integram diversos blocos de rua do carnaval de Belo Horizonte lançaram a iniciativa Tira a Mão: é Hora de Dar um Basta. O objetivo é combater o assédio durante a folia. 
De acordo com o texto de divulgação da campanha, pesquisa feita no ano passado pela organização internacional ActionAid mostrou que 86% das mulheres brasileiras sofreram assédio em público em suas cidades. “O tom da campanha é leve e busca mostrar que a foliã está no carnaval para se divertir e que o limite entre o assédio e a paquera não está na roupa, na fantasia ou na dança”, diz a campanha.

Inspirada nessas campanhas, a Agência Brasil separou algumas dicas para que as mulheres possam curtir o carnaval tranquilas. Confira:

1 - Disque 180: Abordagens sem consentimento são crime
Se alguém te tocar, te agarrar ou te fizer sentir coagida de alguma maneira, a orientação é clara: grite. Algumas mulheres costumam levar apitos, vale usá-los para chamar a atenção também, além de deixar claro que você não está conivente com a situação e que precisa de ajuda. Além disso, denuncie, o Disque 180 serve para isto. Caso alguém dirija a você palavras de cunho sexual, exponha as partes íntimas ou aja de maneira agressiva para conseguir vantagem sexual, denuncie. Qualquer um desses comportamentos estão enquadrados na lei e resultam em punição do agressor.

A Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – Disque 180 é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial (preserva o anonimato), oferecido pela Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres desde 2005.

2 - Aplicativos podem ajudar em casos de violência

Várias iniciativas mostram que a tecnologia também pode auxiliar mulheres em situação de violência e abuso. http://www.ebc.com.br/cidadania/2015/03/confira-12-apps-que-combatem-vio... Um exemplo é o aplicativo Clique 180, nele a Lei Maria da Penha está presente, na íntegra, divida por capítulos para consulta. Ele orienta mulheres que sofreram qualquer tipo de agressão, mostra delegacias próximas e explica os diferentes tipos de violência de gênero.

O app também tem um mapa colaborativo, e todas as telas do têm botão com ligação direta para o 180, número da Central de Atendimento à Mulher. A iniciativa é da ONU Mulheres no Brasil. Disponível para iOS e Android.

Com o slogan “um aplicativo que previne a violência antes que aconteça,” o Circle of 6 permite escolher seis pessoas em seu círculo de amigos. Se você estiver perdida e precisa de uma carona ou não sabe onde está, você toca no ícone do aplicativo e ele envia um texto para o seu círculo com a sua localização GPS. Caso você esteja em um encontro desconfortável: o aplicativo pode enviar uma mensagem para o seu círculo e alertá-las para ligar para você, te salvando da roubada. Este aplicativo está disponível para dispositivos da Apple.

3 - Marque um ponto de encontro
É legal combinar com seus amigos um ponto de encontro. Caso alguém se perca do grupo, vocês podem se reunir com mais facilidade em um local de emergência previamente definido. O mesmo vale para o momento de ir embora: deixe acertado onde será a saída.

4 - Cuidado com os seus pertences
Não exiba joias, celulares, câmeras ou dinheiro. Seja discreta. Além disso, não é aconselhável sair com grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito se não houver necessidade. Outra dica é não abrir a carteira ou a bolsa na frente de estranhos. Anote todos os dados de seu aparelho de telefone antes de sair para a folia. Informações como o IMEI (número de identificação que todo celular tem) permitem que você bloqueie o aparelho para evitar uso indevido, além de permitir que você o resgate, caso seja recuperado.
Se você for vítima de furto, roubo, assédio ou agressão, procure a Polícia Militar para um primeiro atendimento. Depois, efetive a denúncia na Polícia Civil mais próxima para registrar um boletim de ocorrência.

5 - Ande acompanhada
Evite transitar por ruas ou praças mal iluminadas. Caso tenha que sair sozinha, procure sempre ficar no centro da calçada e na direção contrária ao trânsito, assim fica mais fácil perceber a aproximação de algum suspeito. Se sentir que está sendo seguida, entre em algum estabelecimento comercial ou atravesse a rua.

Aproveite o preço de armações na Cooperótica


Região registra 12 afogamentos em 2016

Região
 DUAS MORTES EM 2017 
Região é compostas por represas, balneários e
é contornada pelos rios Paraná e Paranapanema
(Foto: Reprodução/O Imparcial)
O Corpo de Bombeiros atendeu 12 casos de afogamentos no ano passado, mesma quantidade que em 2015. Esses dados se referem aos atendimentos nos 54 municípios da região oeste paulista, de abrangência do 14º GB (Grupamento de Bombeiros), sediado em Presidente Prudente. Neste ano foram registrados dois casos: uma morte em janeiro e outra em fevereiro.

A região é compostas por represas, balneários e é contornada pelos rios Paraná e Paranapanema, o que motiva grande trânsito de banhistas nos dias quentes. Segundo a Seção de Comunicação da corporação, os índices não são considerados altos, “mas o ideal é que não haja nenhuma ocorrência desta natureza”, expõe.

Grande parte dos afogamentos é provocada por imprudência da vítima, como avançar sinais de perigo ou uso abusivo de álcool, que provoca encorajamento para pontos mais perigosos. Além da profundidade, a correnteza é outro agravante. “A população tem que respeitar as boias e placas de sinalização instaladas nos locais, prevenindo acidentes. Não pode nadar ou pular em rios ou represas que não se conhece a profundidade”, acrescenta o Corpo de Bombeiros.

Nesta época de verão, tanto o Corpo de Bombeiros como os guarda-vidas dos balneários mantêm a atenção redobrada para dar atenção aos banhistas em virtude do intenso movimento. Entre os alertas dos profissionais de salvamento, está evitar a ingestão de bebidas alcoólicas antes de nadar, não adentrar a água após as refeições, não mergulhar ou nadar em lugares desconhecidos ou inapropriados para o banho, e respeitar os sinais e placas de sinalizações e avisos.

As piscinas também merecem atenção, sobretudo para crianças. “Ter conhecimento da profundidade da piscina, jamais deixar crianças sozinhas, evitar saltos ou pulos, são outras dicas importantes, pois podem ocasionar lesões graves. Se possível, coloque uma proteção na piscina para dificultar o acesso de crianças,  colocando equipamentos de segurança, como boia”, orienta a corporação.


Afogamentos na região

ANO
2015
2016
JANEIRO
  4
   1
FEVEREIRO
  1
   1
MARÇO
  0
   1
ABRIL  
  0
   1
MAIO  
  2
   0
JUNHO
  0
   0
JULHO
  2
   0
AGOSTO
  0
   2
SETEMBRO
  1
   2
OUTUBRO
  1
   1
NOVEMBRO
  1
   2
DEZEMBRO
  0
   1
TOTAL
  12
   12
(Fonte: O Imparcial)

30% de desconto em compras à vista na Original Store

Dupla é detida com droga e espingarda em bairro de Venceslau

Cidade
 TRÁFICO E PORTE ILEGAL DE ARMA 
Espingarda, munições e droga foram apreendidas
(Foto: Divulgação/PM)
Dois homens foram detidos em flagrante delito, na madrugada da última sexta-feira (24), por tráfico de drogas e porte ilegal de armas em Presidente Venceslau. Segundo informações da Polícia Militar, porções de crack e uma espingarda foram apreendidas no Conjunto Habitacional Watanabe.

Por volta de 00h25, os patrulheiros suspeitaram das atitudes de dois homens na rua Gensaku Watanabe e ao realizarem busca pessoal e domiciliar, encontraram 21 porções de "crack" e a quantia de R$70. Durante as diligências ainda foi localizada uma espingarda calibre .32, três cartuchos intactos, 19 cápsulas, chumbo e pólvora.

Ambos foram conduzidos ao Plantão de Polícia Judiciária para adoção das medidas legais, sendo o traficante encaminhado à Cadeia Pública de Presidente Venceslau e o proprietário da arma liberado para responder o processo em liberdade.

Compre itens e economize de verdade na Multishopping

Rapaz promove rifa para ajudar mulher que teve moto queimada em PV

Cidade
 SOLIDARIEDADE 
Produtos que serão sorteados
(Foto: Cedida/Reprodução)
Em solidariedade à Juliane Arias, de Presidente Venceslau, que teve a motocicleta incendiada na última sexta-feira (24), um rapaz promove uma rifa para ajudar a comprar outro veículo para ela.

Cada número custa R$ 10. O sorteio deve acontecer quando a tabela estiver totalmente vendida. O idealizador da campanha, Jhon Santos, conta que o objetivo é realizar o sonho de Juliane novamente, já que ela trabalhou muito para comprar a moto. “Sei que diretamente ou indiretamente todos vão ajudar de alguma forma, com objetos, roupas ou até mesmo verba”, diz.

Na primeira rifa serão sorteados: um cento de salgadinhos, uma escova progressiva, um kit de itens domésticos, dois cintos masculinos, um par de chinelos, uma camisa polo e uma toalha de banho.

Para ajudar com doações ou compra de rifas, basta entrar em contato com Jhon Santos pelo telefone: (18) 98182-1712 ou com Juliane Arias através do número: (18) 99701-7327.
Por Gabriel Tibaldo

Estilo e Elegância na Moda Homem


Prêmio "Folha Ribeirinha" destaca empresas de Venceslau; veja fotos

Cidade
 RIBEIRINHA 
Foi realizada, na última semana, a 7ª edição do Top of Mind Folha Ribeirinha – Marketing e Pesquisa em Presidente Venceslau.

O evento trata de um prêmio às marcas mais expressivas de empresas no quesito qualidade, atendimento e preferência do público venceslauense. Neste ano, 93 empresas de Presidente Venceslau receberam o certificado de destaque e a cerimônia de entrega ocorreu no salão de festas do Coroados Tênis Clube.

O Top of Mind Folha Ribeirinha – Marketing e Pesquisa é um prêmio que originou na cidade de Presidente Epitácio e acontece anualmente em várias cidades da região.

Veja fotos de alguns dos vencedores:

AUTO ELÉTRICA PELLIN
AUTO ELÉTRICA E COMÉRCIO DE BATERIAS
BELLE'S CABELEIREIRA
MODA E ACESSÓRIOS
EDVALDO DO NASCIMENTO
EMPRESÁRIO DESTAQUE (DEPÓSITO PRESIDENTE)
ESPAÇO ESTÉTICA
ESTÉTICA CORPORAL E FACIAL
LAVA JATO BR TIBIRIÇÁ
LAVAGEM COMPLETA DE CARROS E MOTOS
REFRIGERAÇÃO CORDEIRO
VENDA, INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE AR CONDICIONADO
THAYS CRISTINA RICCI SILVA
DIRETORA DE COLÉGIO PARTICULAR (COLÉGIO SÃO PAULO)
TV MÍDIA
MÍDIA INDOOR
VIDRAÇARIA ELDORADO
WA (WESLEY AGUIAR)
CONSULTORIA EM CARREIRA

Óptica Gil: visão e conforto pra você

Efeito Lava Jato ameaça contratos de quase US$ 16 bi da Odebrecht no exterior

Brasil
 MERCADO INTERNACIONAL 
Logo da Odebrecht na Vila Olímpica do Rio de
Janeiro, 23 de junho de 2016
(Foto: Reprodução)
A crescente onda de rejeição vivida pela Odebrecht no mercado internacional põe em risco contratos de quase US$ 16 bilhões em projetos conquistados nos últimos anos. Até setembro de 2016, dois terços da carteira de obras da empreiteira tinham origem lá fora, em países como Venezuela, Angola e Panamá. Juntos, esses três países tinham mais obras contratadas com a empresa do que o Brasil.

Embora esteja presente no exterior desde a década de 1970, a política de expansão da Odebrecht para além das fronteiras brasileiras ganhou força nos anos 2000, com apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) à internacionalização das construtoras. Além disso, nessa época, a empresa já era reconhecida pelo alto poder financeiro e know-how – leia-se certificações – para construir quase todo tipo de obra, o que colocava a brasileira um degrau acima dos demais concorrentes.

Mas, com a Operação Lava Jato, os contratos no mercado externo começam a se perder. Desde que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) divulgou os dados sobre pagamento de propina da Odebrecht em cada país, a participação que antes era comemorada virou foco de turbulência e preocupação. Alguns países já ameaçaram expulsar a empresa de seus territórios e cancelaram contratos bilionários, como foi o caso do Gasoduto Sul Peruano e a concessão para construir 528 km de estrada na Colômbia.

As decisões têm efeito duplo para a empreiteira e para o grupo. Além de perder a concessão, que representa um contrato de longo prazo para administrar um ativo, a empresa também perde a obra, que rende bilhões de dólares de receita para ela. No caso do gasoduto, no Peru, a construção do projeto representava 10% da carteira de obras da empresa, afirma o analista da agência de classificação de risco Fitch Ratings, Alexandre Garcia. O mesmo deve ocorrer com a rodovia na Colômbia, já que a concessão garantia contrato de construção de mais de 500 km de estrada.

A revolta no exterior tem ocorrido simultaneamente à tentativa de fechamento de acordos de leniência da empresa com os ministérios públicos locais. A esperança é que, com os acordos e a definição das multas, a empresa mantenha outros contratos importantes. Até agora, há pré-contratos firmados com Panamá, República Dominicana, Peru e Colômbia. Os demais países ainda estão em fase preliminar e há aqueles que nem têm interesse de iniciar algum processo de delação.

Por ora, a empresa está proibida de participar de novas licitações em três países: Panamá, Peru e Equador. Nada garante, no entanto, que outras nações façam embargos semelhantes até que a poeira comece a baixar. Nos Estados Unidos, embora não haja denúncia de pagamento de propina, a ação do DoJ exigiu um acordo e estabelecimento de multa. A empresa toca obras de modernização no Aeroporto Internacional de Miami, de uma rodovia no Texas e construções na Louisiana.

Liquidez
A situação no exterior é bastante desconfortável, uma vez que a construtora tem ajudado a bancar a liquidez do grupo. Segundo relatório da Fitch Ratings, entre setembro de 2015 e setembro de 2016, a empreiteira teve de fazer aporte de US$ 350 milhões na controladora por causa das dificuldades para captar recursos no mercado.

A empresa está queimando caixa e não tem conseguido repor o portfólio. Outro fato preocupante é que, além de perder contratos por causa do pagamento de propina, a qualidade da carteira tem se deteriorado. Os melhores projetos estão sendo concluídos e o que tem ficado no portfólio está parado ou em ritmo muito lento.

A Fitch Ratings estima que 42% da carteira da Odebrecht levaria, em média, 19 anos para ser concluída considerando o ritmo atual. Há casos piores, no entanto. Na Venezuela, que detém 24% da carteira da companhia, a empresa poderia levar de 15 a 50 anos para concluir as obras – em outras palavras, isso significa redução de receita.

Alexandre Garcia, da agência de rating, afirma que, além de todos os problemas por causa do escândalo de corrupção, a empresa tem enfrentado situações adversas no exterior que têm interferido n as obras. Uma delas é a queda no preço do petróleo, que afeta clientes importantes. “Esse fator prejudica o fluxo de obras em andamento e de novos projetos, como na Venezuela”, diz o analista. Segundo ele, se o cenário não melhorar, a carteira de obras pode cair dos atuais US$ 21 bilhões para algo em torno de US$ 9 bilhões.

Retorno. Em nota, a empresa afirma acreditar que conseguirá manter os contratos e estar livre para conquistar novos projetos, assim que consiga firmar acordos de leniência nos países. “Os acordos também facilitarão a obtenção de empréstimos para execução das obras.”

(Fonte: Isto É)

Conheça a Academia + Fit em Venceslau


"Nunca agredi ninguém", se defende Victor Chaves após acusação de mulher

Brasil
 FALOU PELA PRIMEIRA VEZ 
Victor Chaves negou as acusações e disse que nunca
agrediu absolutamente ninguém
(Foto: Reprodução)
Victor falou pela primeira vez sobre a suposta agressão que teria cometido contra a mulher, Poliana Bagatini, grávida de 4 meses, no apartamento do casal, em Belo Horizonte (MG), última sexta-feira (24). O sertanejo foi acusado de jogá-la no chão e chutá-la várias vezes.

Em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, Victor negou as acusações e disse que nunca agrediu absolutamente ninguém. "A única coisa que eu posso dizer é que a minha família é meu bem maior e que toda a minha postura sempre foi de preservar a família. Eu vou continuar fazendo isso. Toda essa exposição me pegou de surpresa. Eu jamais agrediria alguém na minha vida, muito menos minha esposa, que tá grávida do João. A minha postura vai ser continuar preservando a família e me preservando de toda uma exposição altamente negativa e com a qual eu vou lidar em recolhimento com a minha família", afirmou ele.

A entrevista foi realizada num hangar particular do aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, e com a presença de Poliana Bagatini, que não quis se pronunciar. Victor pediu que  imagens da mulher e da filha fossem feitas apenas de costas, como forma de preservá-las.

Poliana Bagatini, mulher de Victor Chaves, cantor da dupla Victor e Leo, registrou um boletim de ocorrência acusando o marido de suposta agressão, na última sexta-feira.

A briga ocorreu no apartamento do casal, no bairro do Luxemburgo, região nobre da capital mineira. Durante a confusão, Poliana  teria sido impedida por um segurança e pela irmã do cantor de sair do local e só conseguiu depois que uma vizinha ouviu os gritos e a ajudou.

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, Poliana foi até a Delegacia Seccional Sul, prestou o depoimento e registrou a ocorrência, na manhã de hoje. Em seguida, recebeu uma guia para fazer o exame de corpo de delito na Delegacia de Mulheres, mas deixou o local antes mesmo de realizá-lo.
Um inquérito foi instaurado e o caso agora será investigado pela delegada Danúbia Quadro, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Idoso e Deficiente.

Neste domingo, uma carta atribuída a Poliana Bagatine, mulher de Victor Chaves, foi divulgada pelo irmão do sertanejo, Leo Chaves.

Na publicação, a mulher de Victor volta atrás e diz "que se sentiu no dever de esclarecer os fatos": "De uma hora para outra, vi meu nome e de minha família expostos na mídia. Me senti no dever de esclarecer os fatos que foram veiculados. Espero que uma vez esclarecido possa voltar a me dedicar ao meu marido, à minha filha e à minha gravidez”, diz o texto.

A carta diz ainda que Victor nunca a machucou e nunca a machucaria e que a confusão se deu após "um grande desentendimento familiar". "Para comprovar a inexistência de qualquer lesão, resolvi fazer perícia no IML (Instituto Médico Legal)", justificou.

"The Voice Kids"
Por causa da repercussão, o sertanejo Victor Chaves pediu para ser afastado do "The Voice Kids".
Em uma mensagem exibida antes do programa deste domingo (26), previamente gravado, o apresentador André Marques anunciou a decisão do técnico do programa e declarou o pronunciamento oficial da emissora, que ainda não havia se manifestado sobre o caso.

"A Globo repudia toda e qualquer forma de violência e acredita que essa acusação precisa ser apurada com rigor, garantindo o direito de defesa na busca da verdade", disse André Marques, em comunicado.
(Fonte: Uol)

Visite Facas e Canecas em Presidente Venceslau


Morre Manoel Rodrigues aos 77 anos em Venceslau

Cidade
 LUTO 

Faleceu, na manhã desta segunda-feira (27), Manoel Rodrigues Barroca aos 77 anos em Presidente Venceslau.

Velório e sepultamento
O corpo está sendo velado na Organização Presidente e o sepultamento será às 16h30 de hoje (27) no cemitério municipal.